Benefícios aos trabalhadores que fazem parte da Seguridade Social

O Seguro Desemprego 2019 é um dos benefícios que fazem parte da chamada Seguridade Social. A seguridade social está prevista na constituição federal de 1988 e promove maior senso igualitário entre as pessoas. Porém sempre há dúvidas de quem tem direito ao seguro desemprego.

Faz jus a esse benefício as pessoas que trabalharam de forma registrada e que foram mandadas embora de seus empregos sem justa causa. Os valores a serem pagos pelo banco Caixa Econômica Federal variam de acordo com o tempo que a pessoa trabalhou registrado e também quanto essa pessoa ganhava de salário por mês.

Quem tem Direito ao Seguro Desemprego

Uma das perguntas mais comuns quanto a esse benefício é: quem são os trabalhadores que tem direito a receber? Simples. Tem direito a receber os trabalhadores que comprovarem vínculo empregatício (carteira assinada) por pelo menos 01 ano (12 meses) e que não tenham sido mandados embora por justa causa.

O pagamento do benefício é feito em, no mínimo 03 parcelas e no máximo 05 parcelas, tudo depende do tempo de contribuição que você teve. Se você trabalhou 01 ano, então terá 03 meses de benefício, a partir de 1 ano e meio, terá quatro meses e depois de dois anos comprovados, 05 meses de seguro desemprego.

Nova Regra

No começo do ano de 2015, a presidente da república aprovou uma emenda que modificou o prazo mínimo para se receber o acesso ao seguro desemprego. Anteriormente, o mesmo poderia ser solicitado com apenas 06 meses de trabalho comprovado em registro em carteira. Hoje, para fazer uma nova solicitação, você precisa ter pelo menos um ano de registro. O pagamento feito pela Caixa será debitado em conta e você consegue sacar usando o cartão cidadão. Caso você não tenha um, poderá fazê-lo gratuitamente nas próprias agências Caixa.

Valor do Seguro

Os valores pagos a você não serão restituídos quando você conseguir um novo emprego, mas serão cortados se durante esse tempo de seguridade você conseguir arrumar um novo emprego. Isso acontece porque o governo entende que você não precisa mais dessa vontade de subsídio, mesmo que esse emprego ainda seja um “teste” e você não tenha a confirmação completa da vaga.

Para saber o valor do seguro desemprego a que você tem direito, observe a regra matemática de cálculo, que poderá ser aplicada para qualquer pessoa.

  • Funcionário que recebia até R$1.222,77 – multiplica o valor por 0.8;
  • Funcionário que recebia de R$1.222,77 até R$2.038,15 – multiplica por 0.5;
  • Funcionário que recebia acima de R$2.038,15 – receberá um valor fixo de R$1.385,91.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*